Vozes dos Livros

Exposição
Vozes dos Livros

→ Quinzena do Livro

Quinzena do Livro | Exposição ``Vozes dos Livros``

Quarta, 17/07/19, às 14:00. Em exposição até 01/09/19

De quarta a sexta R$10,00 inteira R$5,00 meia entrada. Sábados, domingos e feriados a entrada é gratuita.

*Imagem: Fotografia da Biblioteca da Casa-museu Ema Klabin. Fotografia: Henrique Luz

Em sua 2ª edição, a exposição Vozes dos Livros convida o público a conhecer exemplares da Coleção de Livros pertencentes à Casa Museu Ema Klabin e ouvir trechos dos mesmos durante a visita.

Investigando essa vasta Coleção em sua diversidade linguística e estilística encontramos vozes que falam de nós, paulistanos, e se conectam com a nossa própria diversidade. São Paulo de muitos idiomas, que agregou muitas formas de ser e viver trazidos de países distantes ou de outros estados, das populações indígenas originárias ou das populações negras que vieram escravizadas, nosso ser paulistano foi se constituindo de muitos modos.

Com o tema “Identidades Paulistanas: O que eu trago? O que eu Levo”, a exposição Vozes dos Livros percorre diferentes narrativas de construção de São Paulo que transitam entre a literatura e as antigas livrarias da cidade, o teatro, o costume de se corresponder por cartas com os entes queridos distantes, a atuação da mulher na vida intelectual da cidade, a presença indígena e das populações negras em obras como Macunaíma, nos poemas de Jorge de Lima, em Câmara Cascudo ou em Cecília Meireles. Nos ambientes da casa museu, instalações sonoras trazem trechos dos livros lidos. Um passeio literário e sonoro através de fragmentos de identidade que foram trazidas, mantidas e outras que foram construídas, compondo a diversidade da cidade que habitamos. A programação contará também com oficinas e visitas fomentando um espaço de troca e diálogo entre a exposição e seus visitantes.

Ficha Técnica

Concepção e Curadoria | Educativo Ema Klabin: Felipe de Azevêdo, Rosi Ludwig, Isabela Gonçalves, Bruno Melo (Educadores) Cristiane Alves (Coordenação Educativa)

Produção e Montagem | Daniele Paro e Wipsley Mesquita

Projeto gráfico e Comunicação | Henrique Godinho

Apoio a Pesquisa | Daniele Paro e Wipsley Mesquita

Coordenação Geral | Paulo de Freitas Costa

Instalação Sonora

Gravação e Edição | André Sanches

Vozes

Programa de inauguração Teatro Maria Della Costa | André Sanches e Débora Lauand

Bertolt Brecht – Galileu Galilei | Débora Lauand, Felipe Azevêdo, Rosi Ludwig, Thiago Guarnieri e Bruno Melo

Câmara Cascudo – Jacu Casamenteiro | Ana Cristina Moutela

A Lenda do Itararé | Thiago Guarnieri

Jean Baptiste Debret – Guaianazes | Bruno Melo

Macunaíma (Capítulo: Piaimã) | André Sanches

Alfredo Bosi – Quem diz livraria diz refúgio | Felipe Azevêdo e Rosi Ludwig

Jorge de Lima – Olá Negro | Cristiane Alves

Rei é Oxalá, Rainha é Iemanjá | Bruno Melo

Xangô | Henrique Godinho

Macunaíma (Capítulo: Macumba) | Débora Lauand

Simone de Beauvoir – La Femme Rompue | Thaís Costa Leite e Débora Lauand

Carta de Gina Rau | Taína Luz

Cecília Meireles – Despedida | Taína Luz

Relacionados

Lançamento do Catálogo

Ecos do Modernismo

Ética e etiqueta