Roupas enquanto memória e patrimônio

→ Palestra que integra a exposição Ema e a Moda no século XX

Roupas enquanto memória e patrimônio | Palestra que integra a exposição Ema e a Moda no século XX

Manon Salles

Sábado, 18 de setembro, das 11h às 13h

Gratuito ou Contribuição voluntária de qualquer valor

95 vagas por ordem de inscrição

Plataforma Zoom

Com intérprete de Libras

Imagem: Retrato de Ema Gordon Klabin, 1949. Arthur Kaufmann. Óleo sobre tela. Coleção Ema Klabin

Na palestra ministrada por Manon Salles, será analisada a importância da roupa e suas inúmeras narrativas dentro das coleções museais, a partir da leitura dos trajes que fizeram parte dos percursos de Ema Klabin.

O que as roupas podem nos contar sobre a história social, política ou econômica? O que podemos extrair de informações e conhecimentos a partir de coleções que conservam objetos pessoais, como vestidos, luvas, chapéus e calçados, que fazem parte da memória social de uma determinada época?

No encontro, será discutido como os acervos de roupas, de moda e de acessórios são percebidos, enquanto parte da cultura material, como importantes fontes históricas, muitas vezes esquecidas nos museus.

 

A exposição Ema e a moda no século XX: as roupas e a caligrafia dos gestos tem apoio cultural do Governo do Estado de São Paulo, por meio do ProAC ICMS da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, e patrocínio da Klabin S.A. 

A programação cultural integra o projeto Digitalização da Coleção Ema Klabin, que contou com o apoio da plataforma Benfeitoria e da Sitawi, no âmbito do edital Matchfunding BNDES+ 2020.

Público-alvo

Interessados em história, arte, moda, museologia, cultura e sociedade; além do público em geral

Manon Salles

Manon Salles é doutora pela Escola de Comunicações e Artes da USP e mestre em ciências da comunicação pela mesma universidade. Atua como docente em diversas universidades brasileiras, nos cursos de moda e artes. Como professora convidada do Museu Histórico Nacional, ministra cursos sobre a conservação de acervos têxteis e história da moda. Atua na documentação e conservação de coleções brasileiras de moda e figurinos nos últimos dez anos, sendo responsável pela conservação do acervo do Instituto Zuzu Angel (2016-2019). É a idealizadora do seminário anual “Moda: uma abordagem museológica” e coordenadora do comitê científico FCRB/UNIRIO/UFRJ

Relacionados

Lançamento do Catálogo

Ecos do Modernismo

Ética e etiqueta