Receitas da Memória Paulistana

Palestra
Receitas da memória paulistana

→ Traduções de culturas culinárias

Palestra | Receitas da memória paulistana: traduções de culturas culinárias

Isabella Magalhães Callia

Sábado, 15/06/2019 das 11:00 às 13:00

R$ 40,00

35 vagas por ordem de inscrição

*Foto: Thais Taverna

Através de um panorama culinário Brasil-São Paulo, e da formação do paladar paulistano, a palestra abordará a sociabilidade alimentar como sendo uma das mais marcadas e distintivas identidades paulistanas.

Será usado como exemplo o caso das cantinas italianas e da sardella – condimento de origem milenar, em sua versão “traduzida” pelo bairro do Bixiga, em São Paulo, topônimo no qual distintos fluxos migratórios coexistiram e ainda hoje interagem culturalmente, em especial no âmbito alimentar. O Bixiga enquanto um “entrelugar” (HALL, 2003), que é diferente tanto da cultura de origem quanto da de destino – e nesse sentido “a tradução da tradição” de tal sabor da memória.

Foram convidadas duas guardiãs da cultura ítalo-paulistana, as fotógrafas Angela di Sessa e Thais Taverna do Museu Memória do Bixiga, para participarem do debate no final da palestra.

Público-alvo

Historiadores, gastrônomos, jornalistas, estudantes de história da alimentação e interessados em geral

Isabella Magalhães Callia

Italianista, docente de Língua e Cultura Italianas, e pesquisadora e docente em História e Cultura da Alimentação. Doutoranda em Língua, Literatura e Cultura Italianas, na Letras/USP. Ministra cursos sobre a presença da alimentação e da comensalidade em obras literárias e artísticas. Colabora como guia-especialista com a ``Latitudes, Viagens de Conhecimento``, em roteiros de enogastronomia histórica pelas regiões da Puglia e Sicília.

Relacionados

Lançamento do Catálogo

Ecos do Modernismo

Ética e etiqueta