Oficina
Memória de Roupas – Construção de Roupas em Papel

→ Museu em família

Memória de Roupas – Construção de Roupas em Papel | Museu em família

Beth Ziani

Domingo, 26 de setembro das 15h às 18h

Gratuito ou contribuição voluntária de qualquer valor

15 vagas por ordem de inscrição

Imagem: Beth Ziani

O Educativo convida a artista Beth Ziani para participar de sua programação Museu em Família, marcando a volta das oficinas presenciais ao museu.

As roupas marcam épocas, amores, sonhos, desejos…. fazem história.

As roupas representam costumes, escolhas, afetos e marcam ocasiões especiais, como: casamentos, festas, batizados, velórios, tornam-se símbolos de épocas, de amores, de alegrias, de tristezas e de desejos.

Recriar a memória particular de roupas possibilita entrar na magia do tempo e trazer de volta ao coração emoções e sentimentos esquecidos no passado.

O projeto Memória de Roupas-Construção de Roupas em Papel tem como objetivo atualizar a memória afetiva dos participantes e estimular a recriação de figurinos que marcaram fases de suas vidas. A partir de relatos, buscaremos contextualizar épocas, ambientes e pessoas envolvidas na situação descrita pelo participante.

As roupas serão reconstituídas em miniaturas (aproximadamente 70 cm) e a modelagem será em papel craft e crepon. Como resultado, teremos os modelos recriados, croquis de cada roupa e, se possível, o registro escrito de histórias por eles vividas através das roupas modeladas.

A ação contará com todos os protocolos de biossegurança.

 

A exposição Ema e a moda no século XX: as roupas e a caligrafia dos gestos tem apoio cultural do Governo do Estado de São Paulo, por meio do ProAC ICMS da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, e patrocínio da Klabin S.A. 

A programação cultural integra o projeto Digitalização da Coleção Ema Klabin, que contou com o apoio da plataforma Benfeitoria e da Sitawi, no âmbito do edital Matchfunding BNDES+ 2020.

Público-alvo

Interessados acima de 16 anos

Protocolo de Biossegurança

Oficina Presencial. Atenção para os protocolos de biossegurança:
– Medição de temperatura na entrada;
– Uso obrigatório de máscaras;
– Distanciamento de 2 metros entre as pessoas;
– Higienizar as mãos com álcool 70%, disponível na entrada;
– Lavar as mãos com água e sabão sempre que possível;
– Bebedouros estarão indisponíveis para uso.

Beth Ziani

Beth Ziani é artista e doutora em literatura, com uma larga experiência na relação entre literatura e outras artes, especialmente o bordado. Há vinte anos, desenvolve projetos no sertão de Minas Gerais em cidades do Circuito Literário Guimarães . Participa do grupo de bordado Teia de Aranha, desde 2001. Curadora e coordenadora de projetos e exposições: Memória viva do sertão; Literatura Viva; Brasil Fio a Fio - uma viagem pelo bordado Brasileiro. Manto do Vaqueiro- bordado itinerante. Dirigiu o documentário - Conto o que vi, o que não vi, não conto.

Relacionados

Lançamento do Catálogo

Ecos do Modernismo

Ética e etiqueta