Arte-papo
Do século XI ao XXI: 10 séculos de Mulheres na Música

Arte-Papo | Do século XI ao XXI: 10 séculos de Mulheres na Música

Camila Fresca, Lilian Barretto e Irineu Franco Perpetuo

Quinta-feira, 3 de fevereiro, das 17h às 18h30

Gratuito

Pelo YouTube

Imagem: Camila Fresca (divulgação), Lilian Barretto (divulgação), Irineu Franco Perpetuo (Nadja Kouchi)

A pianista e diretora artística Lilian Barretto, a curadora e pesquisadora, especialista em música clássica, Camila Fresca e o jornalista e tradutor, Irineu Franco Perpetuo, são as pessoas convidadas desta edição do arte-papo para uma profícua conversa sobre a vida das mulheres no cenário musical através de um panorama histórico.

A conversa trará reflexões críticas sobre figuras emblemáticas na história da música ocidental, como a abadessa Hildegard Von Bingen, Alma Mahler, Maddalena Casulana, Clara Schumann entre outras, além de trazerem questionamentos sobre o trabalho das mulheres na contemporaneidade através de indagações sobre paradigmas que criaram restrições à atuação das mulheres em diversas esferas da sociedade e na música.

Público-alvo

Público geral, pesquisadora/es, estudantes, musicistas, instrumentistas, compositoras/es, artistas, professoras/es

Camila Fresca

Doutora e mestra em Musicologia pela ECA-USP, bacharel em História e Comunicação Social – Jornalismo, atua como jornalista, curadora e pesquisadora especializada em música clássica. É colaboradora da Folha de S.Paulo e da Revista Concerto, além de possuir extensa produção literária sobre o universo da música.

Lilian Barretto

Estudou no Brasil com Gilberto Tinetti, Glória Maria Fonseca Costa e Jacques Klein e no exterior com o prof. Jan Ekier, na Universidade de Música Frédéric Chopin em Varsóvia, Polônia. Foi vencedora de inúmeros Concursos Nacionais de Piano e bolsas internacionais. Além de sua carreira como solista e camerista, foi diretora de programação da Funarj, diretora da Sala Cecília Meireles e diretora artística do Theatro Municipal do Rio de Janeiro por 17 anos.

Irineu Franco Perpetuo

É jornalista e tradutor, colaborador da Revista Concerto, autor de Como Ler os Russos (Todavia) e História Concisa da Música Clássica Brasileira (Alameda Editorial).

Relacionados

Lançamento do Catálogo

Ecos do Modernismo

Hóspede com Flora Rebollo