Tardes Musicais na Casa-museu Ema Klabin | Jongo Dito Ribeiro

Tardes Musicais – Jongo Dito Ribeiro

Tardes Musicais | Jongo Dito Ribeiro

Sábado, 10/03/18, às 16:30

gratuito

170 vagas por ordem de chegada

Imagem: Fabiana Ribeiro

A Comunidade Jongo Dito Ribeiro tem como objetivo reconstituir a cultura ancestral do jongo nos mais diversos espaços, para todas as pessoas de diferentes credos, etnias e idades, priorizando as comunidades e grupos que atuam no universo da cultura afro brasileira e de matriz africana.

Localizada em Campinas, a Comunidade Jongo Dito Ribeiro foi batizada com esse nome em homenagem ao saudoso Benedito Ribeiro, avô de Alessandra Ribeiro, liderança da comunidade, que chegando à cidade na década de 30, vindo do interior de Minas Gerais manteve a tradição do jongo recebido por seus antepassados, através das realizações de festas aos santos católicos.

Desde 2002, a Comunidade Jongo Dito Ribeiro realiza trabalhos de reconstituição, composição e pesquisa com o objetivo de manter viva a chama dessa descendência, trazendo essa importante manifestação da cultura popular afro-brasileira, elemento de resistência e união para a sociedade.

A Comunidade se apresenta em escolas, universidades, quilombos, festas oficiais e seus encontros são quinzenais na Casa de Cultura Fazenda Roseira desde 2008, espaço de gestão da comunidade jongueira, no jardim Roseira em Campinas, que está aberta a quem quiser participar e contribuir na reconstituição dessa história.

Relacionados