A Paisagem Desenhada

OFICINA | A Paisagem desenhada, poéticas com desenho no jardim | Evandro Nicolau | Início, sábado 25/03 das 10h às 13h | 4 Encontros

‘A Paisagem Desenhada, poéticas com desenho no jardim’ parte da ideia de desenho como elemento estrutural que delimita e dá forma à Paisagem.

Com duração de 4 encontros de 3 horas cada, a oficina é resultado de uma pesquisa acadêmica no campo da estética, com forte caráter interdisciplinar.

Seu propósito é refletir sobre as articulações existentes no processo de percepção do desenho como estrutura que está presente nas formas e nas transformações da paisagem. Assim, estas reflexões se originam no questionamento sobre as formas como percebemos e nos relacionamos com as ações humanas que alteram e transformam a natureza em cultura.

Ao lidar com o desenho e com a paisagem como elementos culturais que possuem linguagem, o encontro lança luz sobre as diversas possibilidades de percepção e intervenção no espaço. O entendimento de que o conceito de paisagem é uma construção cultural e social que adquire valores tangíveis e intangíveis de acordo com sua relevância para determinados grupos humanos, nos proporciona a consciência da existência de múltiplas maneiras de aproximação, observação, apreensão e interferência em seu estado original. É dessa forma que o desenho se oferece como a base de sua construção simbólica e se situa como um fio condutor dos encontros. Trabalhado em sua linguagem, o desenho da paisagem se expande em possibilidades de exploração que vão desde os materiais convencionais como lápis e papel, passando pela fotografia e capturas digitais realizados em cartografia e imagens extraídas da internet.

Com abordagem interdisciplinar a oficina parte da ótica das artes e passa por temas da geografia, filosofia, arquitetura e assuntos ligados ao meio ambiente.

Essa articulação de conceitos procura aprofundar as camadas de percepção estética da paisagem que terá como resultado experiências práticas com o ato de desenhar.

1º – 25/03 Apresentação da oficina, com imagens e referências teóricas sobre desenho, linguagem e paisagem, em suas origens históricas e conceituais. Exercícios gráficos e de observação que visam construir a possibilidade de desdobramento e amplificação da percepção do espaço em sua dimensão visual no jardim, encontrando desenhos da paisagem.

2º – 01/04 Apresentação de referências de movimentos fenomenológicos de aproximações, observações, olhar e intervenções sobre as diversas formas de ver e de pensar o espaço em que o ser humano habita. Exercícios formais de reflexão, percepção, memória e imaginação do espaço em que se inscreve a paisagem. Entremeados por exercícios e projetos de intervenção sobre o espaço da paisagístico.

3º – 08/04 Apresentação do conceito de desenho expandido que envolve suas dimensões técnicas e formais, se apresentando para além do lápis sobre papel. Exercícios práticos de desenho onde serão explorados aspectos da paisagem e suas possibilidades técnicas de representação. Diretamente diante da Paisagem serão realizados, movimentos fenomenológicos de que envolvem a pluralidade de formas de se aproximar, de realizar composições, de olhar, observar e interferir na paisagem.

4º – 22/04 A finalização da oficina, discutirá a ampliação da percepção sobre as camadas do apreciar, contemplar, fruir, refletir, produzir conhecimento, intervir e transformar, com responsabilidade, paisagem que nos envolve e o espaço que habitamos. Exercício de intervenção efêmera no Jardim, Happening .

Cada participante levará seu próprio material de desenho, com escolha à vontade.
Sugestão de materiais:
-Lápis de desenho diversos;
-Celular ou máquina fotográfica;
-Prancheta ou suporte para apoio de papéis;
-Papéis diversos.

Paisagem Desenhada, poéticas com desenho no Jardim.
Com Evandro Nicolau
4 encontros
Início sábado, 25/03
R$ 170,00

15 vagas
Inscrições no formulário abaixo: