Jazz, Blues, Rock

TRAMAS CULTURAIS | O Blues, o Jazz e o Rock and Roll – A história da música norte-americana e sua influência no mundo | Próximo encontro dia 23/03

Os encontros abordam uma parte importante da trajetória da música norte-americana evidenciando também o contexto histórico no qual os estilos estão inseridos.

Serão apresentados, de maneira concisa, os maiores expoentes de cada período e a influência que exerceram no cenário musical do século XX.

As aulas contam a trajetória de uma parte da música americana associada ao inicio do Blues rural nas fazendas de algodão do delta do Mississipi, passando pelo começo do Jazz em Nova Orleans, chegando até ao advento do Rock and Roll e também demonstrando a afirmação desses estilos dentro do contexto da guerra fria nas décadas de 1950 e 1960.

O objetivo é o de mostrar como se desenvolveu a música americana, que inspirou pessoas e músicos nas mais variadas partes do mundo através de gravações, do cinema e de apresentações, e que contribuiu para a diversidade musical observada na música feita no século XX.

Os assuntos serão exemplificados através de vídeos, gravações e apresentações ao vivo. As aulas serão divididas da seguinte maneira:

1ª aula – 09/03: panorama da história americana depois da Guerra Civil. O desenvolvimento americano e as diferenças fundamentais entre o Norte e o Sul do país. A música no Mississipi e o Blues rural. O início do Jazz. Os primeiros autores e intérpretes (Charlie Patton, Big Bill Broonzy, Sun House, Robert Johnson, Jelly Roll Morton, Scott Joplin entre outros). A importância de Louis Armstrong e seus contemporâneos para a transformação da música popular nos EUA. A música country e a música nas igrejas;

2ª aula – 23/03: guerras mundiais e o contexto para o aumento do movimento imigratório aos EUA. A influência dos imigrantes na cultura americana e a importância da música europeia nas transformações ocorridas pela chegada de compositores, intérpretes e construtores de instrumentos em solo americano. A música feita para o cinema, os Standards e as canções. As escolas de música nos EUA e os músicos de sólida formação;

3ª aula – 06/04: segregação racial e luta pelos direitos civis. O movimento migratório de músicos e artistas para o norte do país. A Era do Swing, o Bebop e os outros estilos do Jazz. O Blues elétrico em Chicago, as novas gravadoras investindo em artistas ligados ao Rhythm and Blues. Os principais músicos das décadas de 1940 e 1950. As principais características melódicas, harmônicas, formais e estruturais transformadas pela eletrificação e pelo desenvolvimento tecnológico relacionado ao mercado musical;

4ª aula – 27/04: afirmação da cultura e da influência americana no mundo com a Guerra Fria. Os principais movimentos sociais e culturais nas décadas de 1950 e 1960 e suas ligações com a produção musical. O começo do Rock and Roll (Chuck Berry, Little Richards e Elvis Presley) A Contracultura, as Experiências sonoras e o desenvolvimento tecnológico do período. Os Grandes festivais (Monterey Pop e Woodstock). A música na Inglaterra, e no Brasil influenciado pela música americana. O Jazz-rock e a mistura musical (Miles Davis, Jimi Hendrix e Frank Zappa).

Marco Prado é professor, guitarrista e historiador formado e licenciado pela Universidade de São Paulo (USP). Pós-graduado pela PUC-SP. Estudou Composição e Regência na UNESP e História da Cultura e Composição na Itália (Roma e Òstia). Atuando como professor desde 1987, trabalhou em escolas e projetos musicais lecionando diversas disciplinas (Guitarra/Prática de conjunto/Teoria Musical/Apreciação Musical e História da Música). Atuou em grupos musicais e acompanhou artistas (Bixo-na-Broa/Banda Crime/Plânctons/Tom Zé/Jarbas Mariz/José Miguel Wisnik/Mestre Fuba/Aldo Brizzi -Itália/Balé Corpo de Minas Gerais/Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo entre outros). É Autor de diversos métodos de violão e guitarra, artigos e vídeo-aulas produzidas pelas editoras Escala, Minuano, Geek e HMP. Atualmente é professor das disciplinas de apoio da EMESP-Tom Jobim (antiga ULM) e integrante da banda “Chá de Pólvora” que lançou seu primeiro CD independente em 2014.

 

09/03, 23/03, 06/04, 27/04 das 19h30 às 21h00
Entrada Gratuita
30 vagas. Inscrições no formulário abaixo