‘Mesa (ex)posta’ de janeiro a julho de 2017

A mesa de jantar em exposição neste semestre apresenta um diálogo instigante entre peças de diferentes origens, com destaque para a predominância asiática e luso-brasileira.

O serviço de porcelana chinesa exposto possui estilo mandarim, denominação adotada pelo Ocidente para identificar peças com decoração de motivos de flores, pássaros, borboletas etc. Mas que também caracteriza exemplares com cenas de interação social, ambos os casos ricamente coloridos.

A nova exposição possibilitou outras curiosidades, que aguardavam em nossa reserva técnica: os marcadores de lugar tailandeses, cada um representando uma divindade específica; os tocheiros luso-brasileiros em prata do séc. XVIII e o jarrão de porcelana chinesa do séc. XIX, colocado na Sala de Jantar especialmente por conta de seu estilo mandarim, presente no serviço de porcelana da mesa.

__________________________________________

Louça:

Serviço Chinês. Decoração Mandarim.

Origem: China. Período: Séc. XX.

Material/Técnica: Porcelana policromada e dourada.

Faqueiro:

Autor: Reis Filhos Ltda.

Origem: Porto, Portugal. Data: 1938.

Material/Técnica: Prata fundida; aço inoxidável.

Taças:

Jogo Baccarat Caracas.

Autor: Compagnie des Cristalleries de Baccarat.

Origem: França. Data: 1958.

Material/Técnica: Cristal lapidado.